terça-feira, 24 de maio de 2022

100 anos de Saramago - Comemoração - Leituras Centenárias e Exposição

A Biblioteca do AE Anselmo de Andrade aderiu à iniciativa “Leituras Centenárias”, promovidas pela Fundação José Saramago, em parceria com a RBE- Rede de Bibliotecas Escolares e o Plano Nacional de Leitura. 

Os alunos da EB/JI Feliciano Oleiro, T. Falé e J. P. Meneses, e da EB/JI n.º1 do Pragal, A. S. Silva e R. Martins, leram o conto A Maior Flor do Mundo, de José Saramago,  no dia 16 de novembro, ao mesmo tempo que a iniciativa decorria em diversas escolas e diversas geografias.



A Biblioteca do AE Anselmo de Andrade promoveu, também, uma exposição em que os alunos, construíram «a maior flor do mundo», pétala a pétala, tendo ficado com a perceção do contributo de todos nesta tarefa. Nas pétalas, alguns dos alunos expressaram os seus maiores anseios e desejos. 



A BE divulgou também, cita, «uma exposição de caricatura internacional, disponível no website do Alameda Shopping que reúne um conjunto de caricaturas que integraram o 15.º PortoCartoon, realizado em 2013 sob o tema "Liberdade, Igualdade e Fraternidade" e apresenta, através de uma mostra virtual, os trabalhos premiados, os finalistas e alguns dos selecionados pelo júri internacional dessa edição», bem como elaborou uma mostra com informação biográfica e bibliográfica sobre José Saramago. 

segunda-feira, 9 de maio de 2022

Divulgamos - 2022- 1 de fevereiro | Celebração do Ano Novo Chinês - O Ano do Tigre

O Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade (AEAA) oferece a disciplina de Mandarim como língua estrangeira, no ensino secundário. 

No âmbito do Projeto-piloto do ensino do Mandarim,  o AEAA celebrou o Ano do Tigre!

Os alunos do ensino secundário construíram lanternas alusivas às festividades, escreveram os seus signos em caracteres chineses e colaboraram na montagem da exposição sobre as tradições desta época festiva, orientados pela Professora Jiang Na. 



Participaram também num concurso de enigmas com caracteres chineses. O concurso de enigmas em português foi aberto a toda a escola. Os prémios consistiram em marcadores com paisagens chinesas. Há medida que os alunos foram resolvendo os enigmas, foram-se acendendo as lanternas para dar início ao Festival da Primavera. 


Decorreram, também na biblioteca escolar, cinco ateliês de escrita de caracteres e construção de lanternas chinesas, para a Festa da Primavera, dirigido aos alunos do 9.º ano de escolaridade, no sentido da sua sensibilização para o estudo do mandarim. Participaram com muita curiosidade e interesse.




As atividades foram organizadas pela Biblioteca Escolar, em colaboração com a docente de Mandarim, Profª Jiang Na. 

Divulgamos - 2.º lugar atribuído a aluna da ESAA no 1.º Concurso de Discurso em Mandarim para alunos do ensino secundário [2020-2021]

 

A aluna Jéssica Silva, da turma D do 12.º ano, da Escola Secundária Anselmo de Andrade com 2.ºe 3.ºciclo do concelho de Almada, do Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade, participou no ano letivo 2020-2021, no 14.º  Concurso Mundial «Chinese Bridge» e 1.º Concurso de Discurso para alunos do ensino secundário, organizados pela embaixada da República Popular da china, integrado no projeto -piloto do ensino do Mandarim em escolas portuguesas. Perante a fluência e a eloquência do seu discurso, foi-lhe atribuído o 2.º lugar, pelo que está de parabéns. As felicitações são extensivas à Srª Prof.ª Yang Ruixia, que lecionou a turma de Mandarim do 11.ºD no ano letivo 2020-2021, que a aluna frequentava, e que a orientou na preparação do discurso. 

A cerimónia de entrega do prémio teve lugar no dia 11 de fevereiro de 2022 e foi organizada pela biblioteca escolar. Contou com a presença do Diretor do Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade, Prof. Carlos Filipe Pacheco Lopes Calvário de Almeida, a turma D do 11.º ano de escolaridade, a nova professora de Mandarim, Prof.ª  Jiang Na, e a Coordenadora da Biblioteca Escolar, Prof.ª Vanda Cândido  e a equipa da BE. 

Entre outras lembranças, a embaixada da República Popular da China presenteou a aluna com um marcador de livros encimado por uma personagem da Ópera de Pequim. 

Diretor do Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade, Prof. Carlos Filipe Pacheco Lopes Calvário de Almeida, nesta ocasião, recordou aos alunos da turma D do 11.º ano de escolaridade  a importância no investimento no estudo das línguas estrangeiras, nomeadamente o Mandarim, pelas oportunidades profissionais que oferecem. 

segunda-feira, 21 de março de 2022

21 de março - 8.º F - Poemas Visuais - Dia Mundial da Poesia


Os alunos do 8.ºF construíram poemas visuais na disciplinas de Português e ilustraram alguns deles em  Artec. 

Expuseram-nos, com a colaboração da Biblioteca Escolar,  para assinalar a celebração do Dia Mundial da Poesia. 

   

                                               







segunda-feira, 14 de março de 2022

Divulgamos - Autorretrato - Todos diferentes, mas todos muito giros! Pré-B- Sla amarela

 

A Biblioteca Escolar expôs, em janeiro de 2022, os autoretratos mais famosos do mundo, elaborados pelo alunos da sala amarela da Pré-B, da EB/JI do Pragal, com a orientação da Professora Joana Vasconcelos, sob o tema «Todos diferentes, mas todos muito giros








quarta-feira, 9 de março de 2022

Divulgamos - O dia em que o mundo desapareceu - Visita da escritora Maria de Menezes

 

O Dia em que o mundo desapareceu!

A escritora Maria de Menezes esteve na biblioteca da ESAA com os alunos da Unidade com alunos do 5º e da Unidade de Apoio à Multideficiência, divulgando a obra “O dia em que o mundo acabou”. 

Todos ouviram atentamente uma aventura cheia de peripécias, contada com o apoio de fantoches, e respiraram aliviados, porque o mundo, afinal… não acabou.



 


Divulgamos - Tenho voto na matéria - Uma iniciativa da UNICEF Portugal


 Tenho voto na matéria

Em vésperas das eleições autárquicas, turmas do 5º ano e do 8º ano vieram à biblioteca da ESAA, em articulação com as disciplinas de Português, História e Cidadania, perceber um pouco melhor o que é o poder local, reflectir sobre a localidade em que vivem e redigir propostas a fazer chegar aos autarcas que vão ser eleitos, numa iniciativa proposta pela Unicef Portugal e a que a biblioteca deu seguimento.